POR QUE PERDOAR É MELHOR DO QUE VINGAR?

Baixe aqui a apresentação completa no formato pdf.

Captura de tela de 2013-08-07 16:04:08

SUMÁRIO:

  • A vingança na indústria cultural
  • A vingança no Judaísmo e no Cristianismo
  • A visão espírita para a vingança
  • Estudos atuais sobre o perdão
  • …provas científicas da utilidade do perdão?

——————————————————————————

“O sentido moderno do perdão surgiu da revolução do pensamento ético liderado pelo filósofo alemão Immanuel Kant (1724-1804). O pensador insistia na autonomia moral do homem em relação a Deus. Isso criou a condição para um entendimento secular de perdão entre as pessoas, no qual o remorso e a mudança interior do agressor deveriam ser julgados não por Deus, mas pela pessoa ofendida, que faria o esforço quase sobre-humano de ver o outro como alguém merecedor do perdão. Já quem se arrepende o faz não por ser virtuoso, mas porque a natureza humana é capaz de mudar.”

A ideia de que somente Deus [ou os seus representantes terrenos] podia perdoar foi a base teológica da confissão e das indulgências.

O PODER DO PERDÃO, Revista VEJA, edição 2175, de 28 de julho de 2010

——————————————————————————

O EVANGELHO SEGUNDO O ESPIRITISMO, CAPÍTULO X – BEM-AVENTURADOS OS QUE SÃO MISERICORDIOSOS
“Perdoar aos inimigos é pedir perdão para si próprio; perdoar aos amigos é dar-lhes uma prova de amizade”

——————————————————————————

Universidades de: Idaho, Stanford, Duke – estudo com 259 pessoas, durante 6 semanas, com sessões de 90 min acerca dos efeitos físicos/psicológicos do perdão:

  • Diminuição de dores crônicas nas costas
  • Menor incidência de depressão
  • Baixa na pressão sanguínea e no nível de cortisol
  • ↓70% nos sentimentos de dor
  • ↓13% no grau de ódio que sentiam
  • ↓27% nos sintomas físicos (dores nas costas, tontura, dor de cabeça e de estômago)
  • ↓15% de estresse emocional
  • ↑34% na vontade de perdoar as pessoas que as tinham ferido
  • TÉCNICA: palestras, apresentação de imagens, discussões congnitivas, conversas

Captura de tela de 2013-08-07 16:09:03

Captura_de_tela

Baixe aqui a apresentação completa no formato pdf.

Sobre Adilson J. de Assis

Professor e pesquisador na Faculdade de Engenharia Química, Universidade Federal de Uberlândia. Interesses: História da Ciência e da Tecnologia; Filosofia da Ciência e da Tecnologia; Ciência e espiritualidade; Novas metodologias no ensino de engenharia.
Esse post foi publicado em Filosofia espírita e marcado . Guardar link permanente.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s